A Casa dos Espelhos
Galeria Palpura, Lisboa (2010)
Desenho  



Este trabalho faz parte da série A Casa dos Espelhos, e explora a dualidade existente numa imagem real olhada através do espelho e fora dele. Esta dupla representação, da "coisa" reflectida e do seu próprio reflexo, é-nos proposto aqui através da cumplicidade entre a imagem roubada pelo desenho e a imagem que o espelho rouba, como duas formas de imitação.