Rogério da Silva



Starting from drawing techniques, the process denounces the traditional perceptions of photography. By exploring characters, events or empty interior spaces from archival images, I transport the expression of photographic memory to drawing. So I create a new memory from that expression.

      About


︎︎︎
ESTRADA
Experimental Film  2018
Duração: 8´28”


The route of a road is covered at the same time that memories of the past are narrated, together with the images of that route. These images are the expression of mnemonics from a previous time, crossing the route of the road with the narrated past. This relationship summons the childhood of a man, of his experience, crossed with the intimacy of the gaze, the self-awareness and the memory of the road.



O percurso de uma estrada é percorrido no mesmo tempo em que são narradas memórias de um passado, junto às imagens desse percurso. Essas imagens são a expressão de mnemónicas de um tempo anterior, cruzando o percurso da estrada com o passado narrado. Esta relação convoca a infância de um homem, da sua experiência, cruzada com a intimidade do olhar, a consciência de si e a lembrança da estrada.

Conceito
Há uma estrada que chega em cerca de 8 minutos a um lugar. Um lugar envolto numa paisagem onde a natureza se manifesta numa atmosfera de renovação permanente, onde cheguei depois de uma curta viagem de carro, cujo caminho leva a um lago que se funde na imensidão de um céu azul cinza. Foi durante essa jornada que percebi a existência de dois tempos juntos na mesma imagem, o que me permitiu adotar o conceito de "tempo duplo". O primeiro permitiu-me tomar consciência do movimento fugaz da paisagem no decorrer dessa jornada - um tempo presente que constantemente se vai tornando passado ao longo da estrada; o segundo, um tempo que se tornou estático através das imagens fixadas pela camera e através do meu meu olhar durante o percurso, gerando memórias de uma infância percorrida pelas experiências e sensações. Estes dois tempos estimularam-me a percepção inequívoca da paisagem circundante, activando memórias de um passado vivido.




Exhibitions:

UM PEIXE FORA D´ÁGUA, Faculdade de Belas Artes/UL Lisboa, Portugal Setembro 6, 2018


      
 
Rogério da Silva © 2022